Blog – Sistema de Ensino CNEC

CNEC investe mais de R$ 34 milhões em gratuidade em 2020

Valor foi utilizado em bolsas sociais e material didático

A CNEC apresentou, no início deste mês, o Relatório Social referente ao ano de 2020. Esse relatório apresenta um balanço de todas as atividades realizadas pela rede em todas as suas áreas de atuação. Entre os principais pontos do documento, destacam-se os dados relacionados aos investimentos feitos em gratuidade.

Durante o ano de 2020, a CNEC investiu mais de R$ 34 milhões em bolsas sociais e material didático para alunos da Educação Básica e do Ensino Superior. Com o compromisso constituído na oferta de educação de qualidade para todos, a CNEC, em seu caráter filantrópico, investe anualmente em gratuidade. Com  isso, nossa instituição possibilita que milhares de alunos espalhados pelo Brasil tenham acesso à educação e possam fazer parte de diversas instituições de ensino cenecistas. 

Em 2020, o investimento na Educação Básica foi de mais de R$ 14 milhões. Dos 15.371 estudantes da Educação Básica, 2.278 foram bolsistas no último ano letivo.

O investimento em gratuidade no Ensino Superior, por sua vez, passou dos R$ 17 milhões. Dos 7.810 alunos do Ensino Superior, somando os cursos presenciais e à distância, 1.495 estudantes foram contemplados com bolsas de estudo por meio dos programas do Governo e da própria instituição.

Em 2020, a CNEC esteve presente em mais de 74 municípios de 16 estados, além do Distrito Federal.

Ciente da atuação fundamental dos professores e das instituições de ensino na promoção do pensamento crítico e social, a CNEC trabalha com uma proposta pedagógica atualizada em todos os níveis de ensino que compõem a Educação Básica – educação infantil, ensino fundamental e ensino médio.

Realizamos a atualização das bases conceituais para garantir a oferta de um currículo escolar adequado às necessidades e exigências do contexto pós-moderno em que vivemos, com conteúdos alinhados às diretrizes estabelecidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que regulamenta quais as aprendizagens essenciais devem ser trabalhadas nas escolas brasileiras. Desde quando foi criada, em 1943, a CNEC acredita que a educação é o principal motor de transformação social e econômico de um país. Nesse sentido, a oferta de Educação Superior visa ao desenvolvimento da comunidade.

Com onze faculdades e dois centros universitários, a CNEC trabalha no desenvolvimento profissional de quase oito mil alunos que atualmente fazem parte do nosso Ensino Superior.

Atualmente, a CNEC oferta 17 cursos presenciais de graduação híbrida e 21 cursos de pós-graduação. Além disso, oferecemos 12 cursos de graduação e 8 de pós-graduação na modalidade EAD, o que faz com que nossos cursos do Ensino Superior sejam feitos por qualquer pessoa, em qualquer lugar do Brasil.

Clique aqui para acessar o Relatório Social de 2020 na íntegra.

Compartilhe essa postagem!

Voltar ao Topo